Reflexão do Dia

  • 0

Reflexão do Dia

Category : Publicações ENL

Que darei ao SENHOR por todos os seus benefícios para comigo? (Salmos 116:12). O final do ano se aproxima rapidamente e com ele a hora de refletir a respeito do que fizemos no decorrer deste ano. É tempo de pensar nos propósitos estabelecidos, nas promessas feitas e avaliar se conseguimos ser fiéis quanto a tudo que nos propusemos fazer. Esta é a hora de reflexões, uma prestação de contas pessoal. Muitos se frustrarão porque não conseguiram fazer a metade do que haviam imaginado. Começaram muito bem o ano, mas à medida que os dias, semanas e meses foram passando se esqueceram, ficaram desanimados, perderam o foco. Algumas pessoas não assumem sua parcela de culpa. Procuram encontrar alguém que possa ser responsabilizado pelo que não fizeram. Outras dizem que no ano que vem tudo será diferente. E assim o tempo passa e ano após ano as promessas são feitas, mas não cumpridas, na maioria das vezes. Sabemos que Deus cumpriu totalmente as Suas promessas. Por esta razão devemos fazer nossas as palavras do salmista quando perguntou: Que darei ao SENHOR por todos os seus benefícios para comigo? Deus manteve Sua Palavra e nos proporcionou muitos benefícios em todo este ano. Então… O que daremos a Ele por tudo o que fez, está fazendo e ainda fará? Façamos nossas as palavras do salmista: Tomarei o cálice da salvação e invocarei o nome do SENHOR. Cumprirei os meus votos ao SENHOR, na presença de todo o seu povo. Oferecer-te-ei sacrifícios de ações de graças e invocarei o nome do SENHOR (Salmos 116:13-14,17). Temos ainda poucos dias para viver neste ano, se assim o Senhor permitir. Procuremos aproveitar para vivê-los com inteireza de coração, sabendo que algo planejado ainda pode ser feito. Ainda há tempo hábil. Vamos nessa? Ministério Edificando Um Novo Lar #EdificandoUmNovoLar

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em


About Author

Edificando Um Novo Lar

O Edificando Um Novo Lar atua nesta área há mais de 27 anos e tem como proposta oferecer um acompanhamento sistemático aos jovens e adultos em fase preparatória para a vida a dois.

Leave a Reply

Busca

Newsletter

Fique por dentro das novidades do Ministério Edificando Um Novo Lar! Inscreva seu e-mail e receba diariamente novidades, notícias, mensagens, etc!

Agenda

< 2017 >
Maio
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Reflexão do Dia

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha (Mateus 7:24-25). O lar edificado na Rocha está seguro porque seus fundamentos são sólidos. Esta casa é constituída por um homem que reconhece e pratica suas responsabilidades contidas na Palavra na condição de marido. Entende a necessidade de amar sua esposa como Cristo amou a igreja. Busca satisfazer os desejos de seu coração, a acolhe, sustenta e lhe faz bem. Ele tem o entendimento de que, se não cumprir com as determinações contidas nas Sagradas Escrituras não lhe será possível ser bem sucedido. Por maior que seja seu sucesso na vida profissional, na sociedade e no ministério, se não estiver cumprindo com seu papel dentro de casa, não será um homem feliz. Este lar ainda tem uma mulher consciente de que Deus a colocou como auxiliadora idônea e como tal deve proceder. Honra e respeita o marido, lhe faz bem todos os dias e cuida para que sua casa esteja sempre organizada. Se ela não se posicionar como alguém que reconhece a posição de seu marido, sofrerá muitos reveses, pois terá a tendência de agir por conta própria, entrar em competição com ele e provocar situações de conflitos. Sabe-se que a família está sujeita a enfrentar a chuva, tempestades, ventos fortes que sopram tentando abalar sua estrutura. No entanto, apesar de todas as adversidades, ela permanecerá firme, equilibrada e não será abalada pelas intempéries, pois tem um homem e uma mulher prudentes e que edificaram sua casa em firmes fundamentos. Por ser firmado na Rocha este lar será sempre um local de adoração, um porto seguro, onde cada pessoa sentirá segurança. Nada abala a fé e convicção de que Deus está no controle. Os filhos aprendem com o bom exemplo de seus pais e crescem ampliando o conhecimento para também ajudarem na edificação de seu lar em Cristo. Mais tarde, quando se casarem seus lares serão igualmente firmados na Rocha porque aprenderam, desde a tenra idade... Continua:

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em