Reflexão do Dia

  • 0

Reflexão do Dia

Category : Publicações ENL

Débora, profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo (Juízes 4:4). A Igreja do Senhor conhece muito bem a história de Débora. Ela foi uma juíza, mulher temente a Deus que cumpriu com excelência seu papel. Foi autoridade sobre a nação de Israel. Mas, reconheceu seu marido como o líder em sua casa. Deixou um legado que vem passando de geração em geração, um exemplo a ser seguido. Milhares de mulheres em todo o mundo se inspiram na vida desta grande mulher. Juntas oram e clamam em favor de seus filhos e de suas famílias. Será que é possível a uma esposa ter posição de destaque na sociedade sem que seu marido se sinta desvalorizado? Débora provou que sim. Apesar da Bíblia não destacar a atuação de seu marido, menciona o seu nome. Lapidote foi um homem privilegiado e seu nome foi registrado nas Escrituras Sagradas, numa prova de que foi devidamente honrado pela esposa. É bom perceber uma esposa que honre seu marido! São uma só carne, caminham juntos e mesmo diante das responsabilidades sociais, profissionais e ministeriais nunca se esquece daquele que é seu companheiro. Caminham juntos. Os dois se tornaram um a partir do momento em que se casaram. Vivemos dias nos quais as mulheres têm enfrentado muitos desafios. Em pleno Século XXI são bombardeadas pelos ativistas quanto à sua liberdade, independência, valorização própria. A Bíblia nos ensina que a mulher, antes mesmo de ser formada foi devidamente valorizada. Deus qualificou-a como auxiliadora idônea. Você mulher pode escrever o seu nome na história. Mas nunca se esqueça de honrar seu marido. Que ele e seus filhos possam te honrar de igual forma e te abençoar para que possa seguir adiante fazendo a obra para a qual foi chamada: esposa, mãe e todas as outras funções para as quais foi convocada pelo Senhor. Ministério Edificando Um Novo Lar

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em


About Author

Edificando Um Novo Lar

O Edificando Um Novo Lar atua nesta área há mais de 27 anos e tem como proposta oferecer um acompanhamento sistemático aos jovens e adultos em fase preparatória para a vida a dois.

Leave a Reply

Busca

Newsletter

Fique por dentro das novidades do Ministério Edificando Um Novo Lar! Inscreva seu e-mail e receba diariamente novidades, notícias, mensagens, etc!

Agenda

< 2017 >
Maio
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Reflexão do Dia

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha (Mateus 7:24-25). O lar edificado na Rocha está seguro porque seus fundamentos são sólidos. Esta casa é constituída por um homem que reconhece e pratica suas responsabilidades contidas na Palavra na condição de marido. Entende a necessidade de amar sua esposa como Cristo amou a igreja. Busca satisfazer os desejos de seu coração, a acolhe, sustenta e lhe faz bem. Ele tem o entendimento de que, se não cumprir com as determinações contidas nas Sagradas Escrituras não lhe será possível ser bem sucedido. Por maior que seja seu sucesso na vida profissional, na sociedade e no ministério, se não estiver cumprindo com seu papel dentro de casa, não será um homem feliz. Este lar ainda tem uma mulher consciente de que Deus a colocou como auxiliadora idônea e como tal deve proceder. Honra e respeita o marido, lhe faz bem todos os dias e cuida para que sua casa esteja sempre organizada. Se ela não se posicionar como alguém que reconhece a posição de seu marido, sofrerá muitos reveses, pois terá a tendência de agir por conta própria, entrar em competição com ele e provocar situações de conflitos. Sabe-se que a família está sujeita a enfrentar a chuva, tempestades, ventos fortes que sopram tentando abalar sua estrutura. No entanto, apesar de todas as adversidades, ela permanecerá firme, equilibrada e não será abalada pelas intempéries, pois tem um homem e uma mulher prudentes e que edificaram sua casa em firmes fundamentos. Por ser firmado na Rocha este lar será sempre um local de adoração, um porto seguro, onde cada pessoa sentirá segurança. Nada abala a fé e convicção de que Deus está no controle. Os filhos aprendem com o bom exemplo de seus pais e crescem ampliando o conhecimento para também ajudarem na edificação de seu lar em Cristo. Mais tarde, quando se casarem seus lares serão igualmente firmados na Rocha porque aprenderam, desde a tenra idade... Continua:

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em