Reflexão do Dia – Quem casa quer casa

  • 1

Reflexão do Dia – Quem casa quer casa

Category : Publicações ENL

Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne (Gênesis 2:24). Os pais são responsáveis pelo período de criação, educação e formação de seus filhos. Devem acompanhá-los intensamente e ajudá-los em cada fase da vida. O período que antecede o casamento é dos mais gloriosos numa família. A expectativa de um sonho a ser realizado, a alegria de ver os filhos edificando um novo lar, os preparativos para a cerimônia, enfim cada detalhe minuciosamente preparado. Alguns pais conseguem abençoar os filhos com uma casa própria. Outros não têm a mesma condição, mas sempre fazem o melhor na intenção de ajudar. Existe um princípio que tanto alguns noivos quanto alguns pais não têm estado atentos. É o que está mencionado na passagem de Gênesis 2:24. Existe um ditado popular que diz: “Quem casa quer casa”. Os pais devem conscientizar os filhos quanto à necessidade de terem o seu cantinho, onde será estabelecido o seu ninho. Não devem se casar com a expectativa de morarem na mesma casa dos pais pelo fato de ser muito espaçosa. Também morar no mesmo lote fere o princípio bíblico de deixar pai e mãe. Não são poucos os problemas provenientes desta proximidade do casal com os familiares. Faltará liberdade para ambas as partes. Também poderá ocorrer interferência por parte dos pais, causando conflitos entre o casal. O certo é que alguns pais não conseguem se desgrudar dos filhos e alguns filhos não se dispõem a cortar o cordão umbilical. Permanece uma codependência impedindo os filhos de amadurecerem, terem suas próprias experiências e ainda exigir dos pais uma responsabilidade que não é mais deles. Estejam, portanto, atentos a este princípio bíblico. Vale a pena crer nas promessas de Deus quanto à provisão. Jesus não teve onde reclinar a cabeça, mas os ajudará a ter o seu cantinho. Creiam nisso! Ministério Edificando Um Novo Lar

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em


About Author

Edificando Um Novo Lar

O Edificando Um Novo Lar atua nesta área há mais de 27 anos e tem como proposta oferecer um acompanhamento sistemático aos jovens e adultos em fase preparatória para a vida a dois.

1 Comment

dayana silva

25 de março de 2016 at 10:42 pm

Gostei muito da mensagem pois tenho um apartamento e não consigo ir pra la por causa do meu marido que não quer ir embora quando toca no assunto ele inventa um monte de história pra não ir me ajude.

Leave a Reply

Busca

Newsletter

Fique por dentro das novidades do Ministério Edificando Um Novo Lar! Inscreva seu e-mail e receba diariamente novidades, notícias, mensagens, etc!

Agenda

< 2017 >
Maio
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Reflexão do Dia

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha (Mateus 7:24-25). O lar edificado na Rocha está seguro porque seus fundamentos são sólidos. Esta casa é constituída por um homem que reconhece e pratica suas responsabilidades contidas na Palavra na condição de marido. Entende a necessidade de amar sua esposa como Cristo amou a igreja. Busca satisfazer os desejos de seu coração, a acolhe, sustenta e lhe faz bem. Ele tem o entendimento de que, se não cumprir com as determinações contidas nas Sagradas Escrituras não lhe será possível ser bem sucedido. Por maior que seja seu sucesso na vida profissional, na sociedade e no ministério, se não estiver cumprindo com seu papel dentro de casa, não será um homem feliz. Este lar ainda tem uma mulher consciente de que Deus a colocou como auxiliadora idônea e como tal deve proceder. Honra e respeita o marido, lhe faz bem todos os dias e cuida para que sua casa esteja sempre organizada. Se ela não se posicionar como alguém que reconhece a posição de seu marido, sofrerá muitos reveses, pois terá a tendência de agir por conta própria, entrar em competição com ele e provocar situações de conflitos. Sabe-se que a família está sujeita a enfrentar a chuva, tempestades, ventos fortes que sopram tentando abalar sua estrutura. No entanto, apesar de todas as adversidades, ela permanecerá firme, equilibrada e não será abalada pelas intempéries, pois tem um homem e uma mulher prudentes e que edificaram sua casa em firmes fundamentos. Por ser firmado na Rocha este lar será sempre um local de adoração, um porto seguro, onde cada pessoa sentirá segurança. Nada abala a fé e convicção de que Deus está no controle. Os filhos aprendem com o bom exemplo de seus pais e crescem ampliando o conhecimento para também ajudarem na edificação de seu lar em Cristo. Mais tarde, quando se casarem seus lares serão igualmente firmados na Rocha porque aprenderam, desde a tenra idade... Continua:

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em