Reflexão do Dia – O Poder das Palavras

  • 0

Reflexão do Dia – O Poder das Palavras

Category : Publicações ENL

A morte e a vida estão no poder da língua, o que bem a utiliza come do seu fruto (Provérbios 18:21). A minha esposa é uma verdadeira apreciadora de frutas. Se quiser vê-la feliz, dê-lhe frutas. Ela gosta muito. Mas a jabuticaba ocupa um lugar especial no seu paladar. Confesso que também gosto muito desta fruta. É saborosa, fácil de degustar, atraente aos olhos, hummm… que delícia! Estar debaixo de um pé de jabuticaba é tudo de bom! Mas tem um momento quando esta fruta não é boa. Depois de ser retirada do pé, dois dias depois já não presta mais. Fica ácida e seu gosto não é mais tão atraente. Na vida familiar existem muitos frutos que são produzidos e degustados diariamente. As palavras são essenciais nesta produção. Através delas colocamos o adubo no terreno, o coração dos nossos familiares, para um bom desenvolvimento e são elas que permitem que bons frutos sejam produzidos no relacionamento diário. Quando a Bíblia afirma que a morte que a morte e a vida estão no poder da língua nos alerta para esta realidade. Com os nossos lábios podemos produzir frutos de alegria, paz, justiça e vida, mas também frutos de amargura, ira e morte. Nossas palavras compõem o ambiente familiar. Se falarmos coisas boas e edificantes aos nossos entes queridos teremos paz no lar. Porém se de nossos lábios saírem palavras ferinas, estaremos contribuindo para que a tristeza se faça presente, instaurando um ambiente hostil, triste e até mesmo de guerra. Quais são os frutos que estão sendo produzidos dentro da sua casa? Porventura são aqueles que, como a jabuticaba trazem alegria, prazer e comunhão? Ou os que são produzidos com palavras amargas, cheias de raiva, ira, zombaria e inveja? Importante lembrar que colheremos sempre o que tivermos plantado. Pensemos bem antes de semear as nossas sementes. #EdificandoUmNovoLar #CasamentoComPropósito #casadosparasempre #palavras #boca #comunicação #paznar #harmonia #alegria #tristeza #ódio #soberba #desunião #ambientefamiliar #frutos #coração

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em


About Author

Edificando Um Novo Lar

O Edificando Um Novo Lar atua nesta área há mais de 27 anos e tem como proposta oferecer um acompanhamento sistemático aos jovens e adultos em fase preparatória para a vida a dois.

Leave a Reply

Busca

Newsletter

Fique por dentro das novidades do Ministério Edificando Um Novo Lar! Inscreva seu e-mail e receba diariamente novidades, notícias, mensagens, etc!

Agenda

< 2017 >
Maio
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Reflexão do Dia

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha (Mateus 7:24-25). O lar edificado na Rocha está seguro porque seus fundamentos são sólidos. Esta casa é constituída por um homem que reconhece e pratica suas responsabilidades contidas na Palavra na condição de marido. Entende a necessidade de amar sua esposa como Cristo amou a igreja. Busca satisfazer os desejos de seu coração, a acolhe, sustenta e lhe faz bem. Ele tem o entendimento de que, se não cumprir com as determinações contidas nas Sagradas Escrituras não lhe será possível ser bem sucedido. Por maior que seja seu sucesso na vida profissional, na sociedade e no ministério, se não estiver cumprindo com seu papel dentro de casa, não será um homem feliz. Este lar ainda tem uma mulher consciente de que Deus a colocou como auxiliadora idônea e como tal deve proceder. Honra e respeita o marido, lhe faz bem todos os dias e cuida para que sua casa esteja sempre organizada. Se ela não se posicionar como alguém que reconhece a posição de seu marido, sofrerá muitos reveses, pois terá a tendência de agir por conta própria, entrar em competição com ele e provocar situações de conflitos. Sabe-se que a família está sujeita a enfrentar a chuva, tempestades, ventos fortes que sopram tentando abalar sua estrutura. No entanto, apesar de todas as adversidades, ela permanecerá firme, equilibrada e não será abalada pelas intempéries, pois tem um homem e uma mulher prudentes e que edificaram sua casa em firmes fundamentos. Por ser firmado na Rocha este lar será sempre um local de adoração, um porto seguro, onde cada pessoa sentirá segurança. Nada abala a fé e convicção de que Deus está no controle. Os filhos aprendem com o bom exemplo de seus pais e crescem ampliando o conhecimento para também ajudarem na edificação de seu lar em Cristo. Mais tarde, quando se casarem seus lares serão igualmente firmados na Rocha porque aprenderam, desde a tenra idade... Continua:

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em