A ansiedade e seus transtornos… Como a família pode ajudar?

  • 0

A ansiedade e seus transtornos… Como a família pode ajudar?

Category : Publicações ENL

Segundo o site de pesquisa Wikipédia, ansiedade, ânsia ou nervosismo é uma característica biológica do ser humano, que antecede momentos de perigo real ou imaginário, marcada por sensações corporais desagradáveis, tais como uma sensação de vazio no estômago, coração batendo rápido, medo intenso, aperto no tórax, transpiração etc.

No Brasil aproximadamente 12% da população sofre de ansiedade, de acordo com do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (USP), o que representa quase 24 milhões de brasileiros com ansiedade patológica (e não meramente ansiosos).

A ansiedade é como o cupim. Ele está dentro da madeira e você não o vê. Quando percebe, o armário cai. A ansiedade se desenvolve calada. Muitas vezes, as pessoas por serem mais agitadas, com alto ritmo de trabalho, não percebem que são ansiosas. Em outros casos, pessoas paradas demais, lentas e até tímidas, desenvolvem a ansiedade na mente e no corpo, pois determinados tipos de ansiedade tornam-se paralisantes.

Com o ritmo acelerado de uma geração de informações neste mundo globalizado e cibernético, a ansiedade acaba por atingir cada vez mais pessoas. São tantos os elementos externos que nos envolvem e acabamos por não conseguir acompanhar as situações sem a ansiedade.

Na Palavra de Deus, em Filipenses 4.6-7, lemos “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graça. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus”.

Cristo é o nosso porto seguro! Ele é a resposta de que precisamos para colocar as coisas no lugar. Do Senhor vem o refrigério para nossas angustias, expectativas ou temores. Quando entregamos tudo nas mãos de Deus, Ele se encarrega de planejar nossa vida, e nos ajudar a viver cada dia conforme Sua doce vontade.

A família tem um papel fundamental na vitória sobre a ansiedade. Muitas vezes palavras de desânimo, cobrança ou repreensão podem piorar a situação de um ansioso. O amor, a segurança e a compressão da família podem mudar a história de quem sofre desta doença.


About Author

Edificando Um Novo Lar

O Edificando Um Novo Lar atua nesta área há mais de 27 anos e tem como proposta oferecer um acompanhamento sistemático aos jovens e adultos em fase preparatória para a vida a dois.

Leave a Reply

Busca

Newsletter

Fique por dentro das novidades do Ministério Edificando Um Novo Lar! Inscreva seu e-mail e receba diariamente novidades, notícias, mensagens, etc!

Agenda

< 2017 >
Maio
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Reflexão do Dia

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha (Mateus 7:24-25). O lar edificado na Rocha está seguro porque seus fundamentos são sólidos. Esta casa é constituída por um homem que reconhece e pratica suas responsabilidades contidas na Palavra na condição de marido. Entende a necessidade de amar sua esposa como Cristo amou a igreja. Busca satisfazer os desejos de seu coração, a acolhe, sustenta e lhe faz bem. Ele tem o entendimento de que, se não cumprir com as determinações contidas nas Sagradas Escrituras não lhe será possível ser bem sucedido. Por maior que seja seu sucesso na vida profissional, na sociedade e no ministério, se não estiver cumprindo com seu papel dentro de casa, não será um homem feliz. Este lar ainda tem uma mulher consciente de que Deus a colocou como auxiliadora idônea e como tal deve proceder. Honra e respeita o marido, lhe faz bem todos os dias e cuida para que sua casa esteja sempre organizada. Se ela não se posicionar como alguém que reconhece a posição de seu marido, sofrerá muitos reveses, pois terá a tendência de agir por conta própria, entrar em competição com ele e provocar situações de conflitos. Sabe-se que a família está sujeita a enfrentar a chuva, tempestades, ventos fortes que sopram tentando abalar sua estrutura. No entanto, apesar de todas as adversidades, ela permanecerá firme, equilibrada e não será abalada pelas intempéries, pois tem um homem e uma mulher prudentes e que edificaram sua casa em firmes fundamentos. Por ser firmado na Rocha este lar será sempre um local de adoração, um porto seguro, onde cada pessoa sentirá segurança. Nada abala a fé e convicção de que Deus está no controle. Os filhos aprendem com o bom exemplo de seus pais e crescem ampliando o conhecimento para também ajudarem na edificação de seu lar em Cristo. Mais tarde, quando se casarem seus lares serão igualmente firmados na Rocha porque aprenderam, desde a tenra idade... Continua:

Uma foto publicada por Ciro Eustáquio Lima de Paula (@ciro.depaula) em